Pular para o conteúdo
Marketing de Relacionamento

O relacionamento é necessário para se obter sucesso em qualquer profissão. No marketing não é diferente. Se relacionar com os seus clientes é aproximá-lo da sua empresa e fazer com que de fato ele se sinta importante na relação de consumo. Por isso é necessário que você saiba o que é marketing de relacionamento e porque ele é tão importante.

Na verdade, um dos pilares do marketing é o relacionamento. Não há possibilidades de se criar estratégias eficientes sem se comunicar com a sua audiência.

E se relacionar não significa somente tornar público a existência de um produto ou serviço e suas vantagens. Vai muito além disso. Portanto, vamos entender um pouco mais como o marketing de relacionamento funciona e em que ele pode te ajudar.

O que é marketing de relacionamento

 

O marketing de relacionamento nada mais é do que o estabelecimento de estratégias e ações por parte de uma determinada empresa visando fazer com que os consumidores estreitem seus laços com a empresa em uma relação de consumo.

Além disso, o marketing de relacionamento têm a função de fazer com que os clientes se fidelizem de tal forma que passem a defender determinada marca, entenderem que são parte dos processos da marca, e também o seu posicionamento.

Um caso muito conhecido de estratégias de marketing de relacionamento bem sucedidas é o da Apple. É muito comum ver os consumidores da marca da maçã mordida defenderem arduamente os seus produtos. Por mais que surja produtos similares ao dela, você sempre vai ouvir a frase: “ah mas Apple é Apple”. Este tipo de comportamento do consumidor é o que se chama de brand lovers, ou seja, os consumidores são apaixonados pela marca e farão de tudo para defendê-la.

Como implementar o marketing de relacionamento

Saber o que é o marketing de relacionamento e a sua importância é uma coisa. Agora saber como implementá-lo é outra totalmente diferente.

Não se trata apenas de se relacionar com o cliente, mas de saber como fazê-lo. Uma estratégia de comunicação errada pode fazer com que o efeito seja o contrário: ao invés do cliente fidelizar, ele abandonar de vez sua empresa.

Por isso, vamos ver algumas formas de se implementar o marketing de relacionamento.

1 – Conheça a fundo o seu cliente

Não há como se relacionar com seus clientes se você simplesmente desconhece eles. Portanto, antes de pensar em se relacionar, pense em como conseguir informações sobre eles.

Você pode fazer isto através de formulários em blogs, ou mesmo com uma pesquisa de hábitos de consumo de quem adquire seus produtos e serviços.

Entenda qual a dor do seu cliente, por que ele está recorrendo aos seus produtos e serviços. Uma das maneiras mais eficientes de entender o seu cliente é criando a persona.  Dessa forma ficará muito mais fácil de se estabelecer uma comunicação mais assertiva.

2 – Crie um banco de dados sólido

Após conseguir as informações sobre seus clientes é necessário que você armazene elas. Para isto, você pode montar um banco de dados com estas informações.

A criação de um banco de dados fará com que ao se relacionar com determinado cliente, esta relação se dê de uma maneira muito mais pessoal.

Chamar um cliente pelo nome causa um efeito muito mais positivo do que por pronomes de tratamento como o senhor ou a senhora.

3 – Utilize ferramentas CRM

CRM é a sigla em inglês para Customer Relationship Management. Em uma tradução livre para o português seria a Gestão de Relacionamento com o Cliente.

Existem diversas ferramentas de CRM no mercado. O melhor de tudo é que alguma delas é totalmente gratuita.

Quer saber mais sobre CRM? Temos um post que explica tudo sobre estas ferramentas que podem te ajudar, e muito, no seu relacionamento com os clientes.

4 – Personalize suas estratégias

Ter a posse dos dados dos clientes, criar um banco de dados e utilizar ferramentas CRM são estratégias essenciais. No entanto, é preciso saber o que fazer de posse dessas informações.

Tendo estes dados em mãos fica mais fácil de personalizar as suas estratégias. A simples informação do gênero dos clientes já é algo que te permite segmentar suas campanhas.

Clientes do sexo feminino podem receber e-mail marketing sobre a venda de vestidos, por exemplo. Já os homens podem receber campanhas de ternos.

Vale ressaltar que quanto mais informações você possuir, maior deve ser a otimização das suas campanhas. Elas podem variar conforme idade, renda média mensal, local em que reside os clientes, etc.

Por este motivo é tão importante coletar o maior número de dados possíveis.

5 – Organização

A organização é um dos pilares do marketing de relacionamento. Pense na periodicidade que você entrará em contato com o seu cliente.

Não adianta simplesmente enviar uma mensagem para ele ou uma tentativa de contato e parar por aí. Como também é bastante inconveniente enviar 3 mensagens por dia.

Então pense na sua estratégia estabelecendo um organograma para que estes contatos sejam estabelecidos.

É importante que você sempre equacione suas tentativas de contato de forma que não seja esquecido, mas que também não seja inconveniente.

6 – Sempre ouça o seu cliente

É importante que seu número de vendas seja alto em qualquer segmento que você atue no marketing digital. Mas se você pensa que tudo se resume em prospectar e vender pro cliente, é bom você repensar suas estratégias.

Isto porque uma pesquisa divulgada pela Neoassist nos dá o seguinte dado:

  •   68% dos consumidores gastariam até 20% a mais para ter um bom atendimento.

Obviamente, uma pessoa que está disposta a gastar mais pelo simles fato de ser bem atendida, também estará mais propícia a voltar a comprar de uma empresa que a atendeu bem.

Por isso, pense sempre em montar um pós vendas que busque a satisfação dos seus clientes. Mas antes de pensar nisso, tenha em mente que ele não se resume a somente ouvir o cliente.

Pós vendas são todas as ações que busquem a satisfação de um cliente após as vendas. Isto inclui ligar para ele e perguntar se ele está gostando do que você vendeu para ele. Entender os pontos positivos e negativos e procurar sempre melhorar.

Desta forma, as chances de ele adquirir outro produto de você aumenta bastante.

Conclusão

O Relacionamento é a base de qualquer negócio. Por este motivo você deve investir no marketing de relacionamento.

No entanto relacionar não significa simplesmente entrar em contato. Relacionamento é sempre uma via de mão dupla. Portanto, sempre pense em formas de se comunicar com o seu cliente nas quais ele retorne seus contatos positivamente.

É muito mais barato e fácil conseguir a fidelização de um cliente que foi bem atendido. Sendo assim, sempre pense que o bom atendimento deve nortear as ações da sua empresa. Antes mesmo de pensar em se relacionar, pense na satisfação do cliente.

E por falar em relacionamento, que tal dar uma passadinha nos comentários e nos dizer o que achou deste post hein?

Artigos relacionados