Pular para o conteúdo
ícones do processo de criar um novo produto

O mercado digital está recheado de oportunidades e, com isso, há um grande interesse de se ingressar nesse mercado promissor. Mas, quando se trata de criar um novo produto, pode acontecer algum bloqueio.

Aqui, iremos abordar técnicas e o que é necessário ser feito para criar um produto do zero.

Portanto, se prepare para abrir a mente e absorver. O importante é que você anote qualquer insight que você tenha durante a jornada de leitura!

Combinado?

Vamos lá

Produto Físico X Produto Digital

Em todo processo de criação, o primeiro passo é definir qual será o formato do seu produto. E, para isso, o mercado digital é muito abrangente. É possível comprar e vender quaisquer tipos de produtos online.

Claro que existem muitos formatos diferentes. Mas, todos eles podem ser facilmente comercializados de forma online. Vamos entender quais são estes formatos?

O produto físico é aquele que se pode tocar. Ou seja, que necessita que o cliente tenha em mãos o que ele comprou. Sendo assim, este tipo de produto também precisa de uma logística de entrega que faça esse trâmite de levar a mercadoria ao comprador.

Já o produto digital, é online. Ou seja, o cliente o acessa de forma online e não precisa receber nada por nenhum serviço de entrega.

Hoje, com os artifícios da internet, as duas formas de se criar um produto são extremamente válidas, mas cada uma delas tem uma particularidade.

Vamos aos exemplos:

Produto físico pode ser um pote de cápsulas, ou um creme para os cabelos e até mesmo algum calçado.

O produto digital abrange um curso online, ou um e-book, um podcast, entre outros.

Ficou mais tranquilo de entender?

Então, o primeiro passo é definir qual tipo de produto você quer trabalhar.

O processo de produção se difere um pouco, mas o caminho que você precisa seguir para começar a montar o seu negócio é o mesmo.

Depois você precisa escolher o segmento.

criar um novo produto

Segmento do seu produto

O segundo passo é definir qual é o segmento que você deseja produzir. Para começar, vamos entender melhor o que é esse termo e como você pode escolher o melhor para você.

Segmento é a área que deseja trabalhar ou assunto que você entende que o seu produto faz parte. Ou seja, é o ramo que o seu negócio participa.

É através dessa escolha que você começará a desenvolver o processo de planejamento e produção do seu negócio.

Vá com calma, não escolha trabalhar com diferentes nichos de uma vez. É mais seguro que você comece a trabalhar um produto por vez. Além disso, você consegue se dedicar ainda mais para o sucesso do seu produto.

Estudo de mercado

É importante que assim que o ramo que você deseja atuar for definido, é hora de entender melhor do seu mercado. Não importa qual é o tipo de produto que você deseja comercializar, o estudo precisa ser feito de forma cautelosa.

Lembre-se de que se trata de um negócio. Ao estudar o mercado, você pode conseguir insights para aplicar no seu negócio ou até mesmo encontrar uma estratégia para a produção do seu produto.

Mas, é sempre importante lembrar que, para esse tipo de estudo, você precisa estar com o Mindset totalmente aberto para encarar novos desafios. Até porque, é muito importante que você identifique as dores do seu mercado e encontre soluções rápidas, fáceis e simples.

Público Alvo

Outro estudo muito importante para os empreendedores, antes de criar um produto, é o de Público Alvo. Bom, depois que você estudou bastante o mercado, você passa a entender as dores e começa a pensar no formato do seu produto.

Porém, o legal é que você comece a perceber quem será o seu público geral. Ou seja, de uma maneira abrangente, quem serão as pessoas que se interessariam pelo o que você está comercializando.

Pense bem: se você entende que quer inserir no mercado de cosméticos, por exemplo, e decide comercializar um esmalte diferente, que faz a sua unha crescer 1 centímetro em 30 dias, já dá para traçar o seu público.

Provavelmente, neste caso, você venderá para mulheres, de 17 a 50 anos, que gostam de comprar produtos de cosméticos.

Percebe?

Para começar, você decidiu o segmento que deseja atuar, depois estudou o mercado e encontrou uma dor: a de que as mulheres desejam ter unhas cumpridas.

Assim, percebeu que precisa vender um diferencial. Isso é imprescindível em qualquer negócio. O seu consumidor precisa enxergar valor no seu produto. Para isso, se você quer vender de forma rápida, precisa suprir a necessidade do seu público com uma solução rápida (comprar e chegar em casa), simples (um esmalte) e fácil (crescimento da unha em 30 dias).

Preparado para produzir um produto?

Em nosso blog, temos alguns artigos que podem te ajudar neste processo:

O que é um Infoproduto? Como faço para produzir?

Como planejar, produzir e comercializar um curso na Monetizze?

Artigos relacionados