Pular para o conteúdo

O mercado de afiliados tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil. Com esse crescimento, é normal que várias pessoas entrem nesse mundo sem saber muito sobre ele.

A falta de conhecimento pode levar a quebra de expectativas quanto a este mercado, podendo gerar algumas frustrações como perceber que os resultados não acontecem da noite para o dia, como você deve ter ouvido falar por aí.

Para que você não caia nessa furada, neste post falaremos um pouco mais sobre o mercado de afiliados e as verdades que ninguém te contou sobre ele.

Vamos lá? 🙂

Você conhece o mercado de afiliados?

Se você chegou até aqui, é certo que já ouviu falar do mercado de afiliados, e provavelmente quer fazer parte dele ou já está inserido neste meio. Mas você realmente conhece o mercado de afiliados?

Por ser um negócio digital, muitas pessoas acreditam ser uma forma de ganhar dinheiro rápido e fácil. Mas, não é bem assim que funciona. É preciso muito estudo e dedicação para chegar ao topo e se tornar uma referência.

E para alcançar as suas metas, a dica que podemos compartilhar com você é: estude tudo que puder sobre marketing de afiliados. 

Quer saber o por quê? Então continue lendo este post.

Por que estudar o marketing de afiliados?

Se tem marketing no nome, já pode saber que o intuito é atrair o consumidor até você e convencê-lo a realizar uma ação – seja ela uma venda, um cadastro ou até mesmo baixar um material gratuito.

O marketing de afiliados funciona da seguinte forma: o afiliado divulga determinado produto de um produtor e, ao realizar vendas, recebe sua comissão em cima delas. 

Portanto, é preciso conhecer o público com interesse nesse produto que você pretende vender. Afinal, a segmentação é um processo importante para garantir que você consiga realizar suas vendas

É por isso que você deve buscar informações sobre o mercado em que você está inserido, assim você saberá exatamente o que precisa fazer.

Como citamos no início, existem aquelas pessoas que acreditam ser algo muito fácil trabalhar como um afiliado, ou até mesmo um produtor. Mas, você verá que não é bem assim que funciona.

3 verdades que ninguém te conta sobre o mercado de afiliados

Abaixo, separamos algumas das verdades que ninguém te conta ao ingressar no mercado de afiliados. 

Você não irá ganhar dinheiro rápido e fácil

Já passou por posts em que o título era algo parecido com “como faturar milhões trabalhando 1 vez por semana”? Pois é, não é bem assim que funciona.

Claro que é possível chegar a este nível, mas até lá haverá muito trabalho a ser feito. Principalmente se você for novo no mercado.

Ao se tornar um produtor ou afiliado, você precisa definir um público-alvo e encontrar uma maneira de fazer com que esse grupo encontre o seu produto e se interesse por ele. Você pode começar com a criação de conteúdo, para mostrar um pouco do seu trabalho e, claro, atrair leads para o seu negócio.

Lembre-se, pode levar um tempo até você começar a realizar vendas constantes. Por isso, seja paciente. 

Você precisa entender pelo menos o básico de marketing digital

Trabalhar como afiliado é trabalhar com pessoas, mesmo que seja através da tela de um celular ou notebook. 

O marketing digital será seu aliado neste processo, e te ajudará a identificar seu público-alvo, formular estratégias para melhorar seus resultados em vendas, mensurar dados, fazer testes e muito mais.

Você perceberá que existem muitos termos que se originaram do marketing digital, e que se você não conhecê-los, pode acabar ficando confuso em sua compreensão e até mesmo na hora de pôr em prática. 

Se já quiser começar a adquirir novos aprendizados, temos 10 termos de marketing digital te esperando neste link, junto de um glossário recheado de informações que a Monetizze preparou para você. 

Nem todo conteúdo que você criar será para vender

Independente de se tornar um produtor ou afiliado, ao ingressar neste mercado você acaba se tornando um produtor de conteúdo. Isso porque você sempre estará produzindo conteúdos para divulgar seu produto (como uma copy, por exemplo) e aqueles para atrair mais pessoas para conhecer o seu negócio.

A ideia é garantir que as pessoas tenham muito mais do que apenas uma opção de compra. Antes, elas precisam conhecer sua escrita, sua forma de ensinar por vídeo, ou qualquer outra forma que você utilizaria para passar as informações.

Por isso dizemos que nem todo conteúdo que você cria será para vender. Ele pode até ter esse intuito no fundo do seu funil de vendas, mas é importante que essa não seja a primeira abordagem.

Você pode produzir conteúdos gratuitos através de um blog, redes sociais ou até mesmo em um canal do Youtube. Chamamos isso de marketing de conteúdo, outro ponto essencial para alcançar o sucesso no mercado de afiliados. 

Conclusão

Quando alguém chegar e questionar o que você faz da vida, já que só fica no computador, você terá muita informação para compartilhar com essa pessoa após ler esse post.

O mercado de afiliados não é um bicho de sete cabeças, mas como qualquer outro tipo de trabalho, é preciso se dedicar para garantir bons resultados. 

Quer ter melhores resultados? Comece a pôr em prática o que você aprendeu neste artigo e veja os números decolarem!

Ficou alguma dúvida? Deixa um comentário aí embaixo pra gente. 🙂

Artigos relacionados