Pular para o conteúdo

O Marketing Digital para Afiliados é completamente focado na conversão de vendas.

E quando se fala nisso, impossível não falar de Landing Pages, também conhecida como sua página de vendas.

Mas se você é um produtor ou afiliado com pouca experiência deve estar se perguntando, por que preciso disso, não é mesmo?

Ou se você já sabe que é importante mas não tem dados mais aprofundados, este post é pra você!

Leia atentamente para te ajudar a realizar a primeira venda!

Resultado de imagem para conversão

[Guia Completo] Faça sua 1ª Venda com a Página de Vendas Perfeita!

Neste guia, você vai encontrar:

Antes de mais nada você precisa entender um conceito muito importante, o Inbound Marketing.

É normal os produtores e afiliados criarem estratégias de conversão, hacks e campanhas de mídia paga só pensando na conversão final, a venda.

Mas nós, profissionais de Marketing Digital sabemos que este método está cada vez mais difícil de se obter bons resultados.

E ninguém menos que o Neil Patel falou sobre isso na palestra dele no Afiliate Summit 2019 em Las Vegas.

Crie seu funil e invista em construir sua lista de e-mails! Neil Patel #ASW19

 

Marketing de Atração e Afiliados

Os produtores e afiliados que focam só em campanhas pagas e hacks terão um trabalho muito mais árduo.

  • Queda do alcance orgânico em páginas de Facebook;
  • Concorrência maior e alto Custo por Clique;
  • Trabalho árduo do Facebook em deletar contas que infrinjam os termos;
  •  Mercados extremamente saturados onde o black hat impera;

Por isso, você precisa praticar o Inbound e Atrair um público que tenha sinergia com seu produto.

Um público que normalmente não se interessaria por seu assunto pelo fato de não conhecê-lo.

Então, se você está começando, primeiro precisa pensar numa estratégia de atração de pessoas qualificadas para construir sua lista.

Dê uma pausa nesta leitura e pense com carinho nesta estratégia 📊.

Estagios do funil inbound: Visitantes convertem em leads que se tornam oportunidades e uma menor parte se torna clientes.
Desenhe sua estratégia de Afiliados levando em conta as etapas do funil do Inbound Marketing

Se você apenas construir uma página de vendas com foco na venda final, fica mais difícil converter uma venda.

A ideia é você ir dando informações relevantes para seu público e ganhando aos poucos a confiança.

É mais demorado sim, mas é um investimento sólido ter uma lista engajada e que confia no seu produto.

E agora que você tem tráfego orgânico qualificado, você precisa converter este tráfego numa lista de e-mails.

E muita calma nessa hora, pois ainda não é o momento de enviar aquele e-mail com a página do checkout para efetivar a venda.

 

O que é uma Landing Page?

Também chamada de página de destino ou página de vendas, landing page é uma página específica dentro do seu site com um único objetivo: conversão.

Agora você precisa entender que, nem sempre a conversão de uma página é a venda.

Existem 4 tipos de páginas de conversão

  1. Construção de Listas;

  2. Geração de Leads;

  3. Agradecimento;

  4. Pagamento Social;

 

1.Construção de Listas

Construir uma lista de e-mails é uma conversão simples.

Normalmente o conteúdo é de topo de funil e para baixar se pede apenas nome e-mail.

Uma vez que você tem o e-mail do seu visitante, você tem a oportunidade de ir se relacionando com ele através do e-mail.

Por isso, segura a ansiedade e não coloque 8 campos para quem vai baixar o e-book, logo de cara!

Existem uma série de maneiras de se converter um visitante em lead!

Veja os mais comuns:

  • webinar;
  • e-book;
  • planilha
  • videoaulas;
  • infográficos.
  • kits com estes elementos todos juntos;

Imagem relacionada

2.Geração de Listas

Geração de Leads é a segunda fase na conversão e aqui sim, você pode avançar seu lead no funil de vendas.

Quando sua oferta tiver um nível maior de valor percebido para seu lead, você pode pedir mais alguns dados.

Porém, foque em dados de extrema importância para você.

Não adianta, você não deve pedir Cidade e Cep se você não vai enviar nenhum produto físico para seu cliente.

CPF ou CNPJ muito raramente você vai precisar destes dados.

Duas landing pages iguais mas com formularios otimizados para melhorar a conversão
Veja este exemplo criado pela Resultados Digitais. Qual tem melhores chances de conversão baseado no formulário de contato?

3.Página de Agradecimento

Além do óbvio, ela também é uma oportunidade para você continuar oferecendo outros conteúdos relacionados.

A ideia é tornar esta primeira experiência de conversão dentro do seu site agradável e relevante para o seu lead.

Se ele baixou um e-book básico sobre um assunto, você pode recomendar logo em seguida um e-book intermediário ou avançado.

Você pode recomendar uma série de blog posts, que abordam esse mesmo assunto que ele baixou.

Ou você pode simplesmente convidá-lo a seguir suas mídias sociais, para saber tudo o que você está fazendo.

Resultado de imagem para thank you page
Exemplo de página de agradecimento com pagamento social retirado do blog da Resultados Digitais

4.Pagamento Social

A página de Pagamento Social é muito utilizado por pessoas ou empresas que querem divulgar rapidamente um produto ou serviço.

O foco inicial é alcance e visibilidade para uma ideia.

Por isso o pagamento social.

Você paga para ter acesso ao produto divulgando para seus contatos em suas principais mídias.

Por isso, essa página não possui um formulário e sim, ícones de compartilhamento social.

Pague com um Tweet, pague com um post no Facebook ou pague com compartilhamento no Linekdin.

E após essa divulgação você tem direito a oferta prometida na página de vendas.

pessoas com aparencia humana construindo uma página de conversão levando blocos de elementos: título, vídeo, formulário...
Qual o papel da landing page no marketing de afiliados?

Qual o papel da Landing Page no Marketing Digital?

A função da página de destino é que você tenha o máximo de informação possível sobre um produto ou serviço sem a distração que um site possa ter.

Veja que links e outros elementos gerais, como banners, posts de blog, pagina institucional, chat podem tirar o foco da conversão.

Portanto a página de venda precisa ter apenas as informações cruciais para reduzir ou sanar todas as objeções do seu cliente.

Faça ele comprar de você ou converter na sua oferta.

Mas o papel vai além da conversão:

  • A página de conversão precisa indexar no Google.
  • Precisa ser visualmente agradável;
  • Ser fácil para entender o valor do produto,
  • Precisa ter todos os benefícios e funcionalidades
  • Convencer o cliente a comprar o produto.

E todos esses elementos fazem que seu uso sejam de extrema importância.

A importânica de usar Páginas de Venda no Marketing de Afiliados

Você já sabe que precisa ter uma landing page completa e foco em conversão.

Mas além disso, qual a verdadeira importância deste tipo de página para o seu afiliado?

Nós sabemos que alguns afiliados se empolgam na hora de vender um produto não é mesmo?

As vezes, usam de recursos duvidosos e algumas vezes podem até prejudicar o produto usando imagens de famosos ou promessas que não se cumprem.

 

Isso pode até queimar seu produto.

 

Então, é por isso que você deve usar uma Página de Venda!

 

Defina sua proposta única de valor, coloque seus depoimentos e compartilhe a experiência de quem já usou seu produto e esteja satisfeito.

Tudo isso, sem que sua imagem ou do seu produto estejam correndo risco.

É você quem está montando e definindo a comunicação que seu produto vai ter na internet.

Ou se você liberar seu afiliado a produzir uma landing page, aprove a versão final da página criada por ele #ficaadica

Tenha sua primeira venda como afiliado com landing pages bem construidas

Anatomia de uma página de destino que converte!

A Unbounce é uma das referências mundiais na criação de páginas de conversão.

E eles criaram um infográfico bem legal para mostrar como deve ser a estrutura vencedora destas landing pages para o marketing de afiliados.

infográfico que mostra quais os elementos mais importantes de uma landing page: título e subtítulo, imagem, formulário, benefícios e funcionalidades.
Fique atento a cada um desses elementos quando criar sua página de destino com foco em conversão para Afiliados.

Título da página  

Você sabia que somente 2 pessoas em 10 lêem uma página inteira?

Ou seja, 8 pessoas em 10 lê apenas o título!

Você precisa investir um tempo no conteúdo deste título, entendeu?

Subtítulo

Em formato de parágrafo, é importante você resumir e se aprofundar em 1 ou 2 linhas a principal promessa do seu produto.

Imagem e Vídeo

Se as pessoas não lêem uma página inteira, uma imagem bem alinhada com sua proposta de valor do seu produto é fundamental.

Se você gravar um vídeo curto e objetivo, melhor ainda.

Tudo isso, facilita muito a experiência do usuário e é nisso que o Google foca quando decide ou não por mostrar uma página no resultado de pesquisa.

Uma boa imagem que reflete bem a proposta de valor da oferta ajuda na conversão.

Já uma imagem genérica ou que vá contra aquilo que é proposto pelo texto pode atrapalhar sua conversão.

Formulário

Este é um dos elementos, senão o mais importante da sua página.

Você sabia que se você reduzir de 11 para 4 campos o seu formulário tem uma chance de converter 120% mais?

A conversão de um formulário está diretamente ligada a quantidade de campos e o tipo de informação que você pede.

Peça somente o dado mais importante para você e seu negócio.

Lembre-se que uma vez que o lead converte você pode continuar se relacionando com ele!

Através do e-mail ou outras landing pages você tem outras oportunidades de captar mais informações a seu respeito.

Evite pedir todas as informações que você precisa de uma vez só.

Call to Action (CTA)

É o que o usuário deve fazer na sua página.

Uma das técnicas mais usadas é você adicionar o principal benefício do seu produto neste botão.

Veja um exemplo, se seu produto promete emagrecer, você coloca o CTA desta forma:

Quero emagrecer! 

Se produto promete um aprendizado rápido sobre finanças e investimentos, utilize:

Quero sair das dívidas!

O botão deve ser sempre do ponto de vista de quem vai realizar a ação e nunca de quem está criando a página e vendendo o produto.

Evite usar: Compre Agora, Baixe Agora.

 

As pessoas costumam não gostar de receber ordens e se elas sentirem que estão sendo pressionadas a tendência é parar a ação para pensar melhor e aí você perde a conversão.

A forma correta de influenciar é mostrar sempre a sensação do benefício alcançado!

Liste os benefícios e argumentos do seu produto ou serviço

Lembre-se que o principal objetivo de uma página de conversão é a conversão.

E o papel dela é quebrar objeções que seu visitante possa ter ao se deparar com seu produto.

  • Use bullet points;
  • Escreva fragmentos ou sentenças curtas, que sejam possíveis de ler com facilidade;
  • Escolha de 3 a 5 itens mais importantes, sem usar blocos muito longos de texto;
  • Destaque termos relevantes em negrito;
  • Fale de benefícios, não de funcionalidades.

Validação Social

validação social é um elemento super importante numa página de destino com foco em conversão.
Mostre para sua audiência nova que você já tem pessoas usando e gostando do seu produto.

É uma herança genética e faz parte do nosso cérebro reptiliano (podemos aprofundar mais este assunto em outro artigo) ser aceito socialmente.

Portanto, as pessoas tem certo receio de não identificar outras pessoas que tem o mesmo problema.

Por isso, é super importante ter a validação social de todo infoproduto ou produto físico, principalmente neste momento de decisão pela compra.

Um depoimento de quem já comprou e está satisfeito ajuda nessa tomada de decisão pela compra.

Ou, ver que existem outras pessoas comprando.

 

Use Gatilhos mentais

 

Existem uma série de gatilhos mentais que frequentemente são usados em páginas de conversão, como urgência, no caso da oferta terminar, exclusividade, de você ser um dous poucos a ter acesso ao benefício que o produto oferece ou até mesmo escassez, no caso de estoque do produto físico.

 

Tudo isso tende a funcionar e levar a pessoa a comprar por impulso.

E tudo bem incentivar a compra desta forma se você confia que seu produto pode realmente transformar a vida de alguém.

 

A página de venda também mostra outros formatos para você adicionar mais benefícios e funcionalidade para seu produto com o recurso de imagem e texto, para aprofundar um pouco mais no seu convencimento do público.

Agora que você já conhece os elementos principais, podemos focar numa parte tão importante quanto o conteúdo, que é o design e as cores de uma página de vendas.

Design, Texto e Experiência do Usuário”

Ao criar sua Landing Page rumo a primeira venda, siga estas dicas com relação ao Design, Texto e Experiência do Usuário da sua página:

Resultado de imagem para design

 

  1. Evite um layout poluído com muitos elementos;

  2. Evite muitas cores fortes (vermelho, laranja, amarelo) em elementos próximos;

  3. Use cor diferente do site no botão principal para destacar o Call To Action (convite para ação do seu visitante);

  4. Procure alinhar bem elementos dentro da página, seja fotos ou texto e não esqueça de deixar espaços em branco;

  5. Cuide para o texto ser legível e que comunique com clareza as informações;

Agora que estes elementos principais estão claros, podemos ir para uma outra parte que é de extrema importância para o sucesso de uma boa estratégia de Marketing de Afiliados: Otimização de Landing Pages!

Otimização e testes A/B

Entendendo cada elemento que falamos em separado, você pode partir para gerar hipóteses e criar testes para comprovar ou não estas hipóteses levantadas.

E aqui entra uma parte quase cirúrgica, quando se trata de otimização de landing pages focando sempre em aumentar a taxa de conversão;

Página de conversão com apenas um elemente diferente para entender se melhora ou piora a covnersão de leads
Altere sempre apenas um elemento por vez em seus testes A/B

O que testar?

Você pode testar uma página com um título diferente, com uma imagem diferente, com vídeo em vez de imagem, com um formulário com menos campos, com um botão numa cor diferente, com um CTA diferente.

Existem várias oportunidades de você otimizar e fazer testes para identificar o que converte melhor no seu segmento.

Agora, o que não se pode fazer quando o assunto é otimização de LP´s?

Simples, testar mais de um item ao mesmo tempo.

Se você trocar o título da página e adicionar um vídeo em vez de imagem e trocar a cor do botão com CTA, como você vai saber o que fez a página melhorar ou piorar?

Simples assim!

Se interessou e já quer sair criando sua Landing Page?

5 principais ferramentas de criação de Landing Pages”

1.Unbounce

Uma das pioneiras e mais completas ferramentas de criação e otimização de landing pages que existem. Em inglês e paga.

2.OptimizePress

Plugin de WordPress com versão freemium muito usada por produtores e afiliados aqui na Monetizze.

3. ProfitBuilder

Uma das ferramentas mais usadas também pela facilidade de uso Drag and Drop.

O WP Profit Builder funciona como plugin de wordpress.org.

4. ThriveThemes

Plugin de WordPress leve, fácil e intuitivo para criar boas landing pages.

5. ThemeForest Landing Pages

Templates profissionais criados que você instala no seu WordPress.

 

Conclusão

O que aprendemos neste guia completo sobre landing pages?

Que não basta você chegar e criar uma página sem planejamento nenhum, mesmo que seu produto seja excelente e sair vendendo muito!

Por isso, criamos este guia.

Para você se dedicar em cada uma das etapas da produção da sua página de produto ou de destino.

E tenha uma estratégia sólida para atrair pessoas qualificadas para seu produto, isso facilita muito e deixa suas campanhas mais baratas e com taxas maiores de conversão.

Vale muito a pena investir um tempo maior na criação dos textos, imagens e vídeos da sua landing page.

Deixar a experiência do usuário boa e passar credibilidade real do seu produto são fatores essenciais para você não perder uma venda!

E aí, ficou alguma dúvida cruel?

Deixe seu comentário aqui que vamos responder ok?

Artigos relacionados